Segunda-feira, 30 de Julho de 2007
Crianças, Lutas e Internet
Imagem que ilustra a reportagem do programa Panorama "Children's Fight Club" da BBCOntem, Domingo, 29 de Julho de 2007, a SkyNews noticiou que centenas de vídeos mostrando lutas brutais entre crianças estão a ser disponibilizados na Internet em resultado da falta de policiamento. Segundo a investigação referida pela SkyNews, imagens mostrando crianças a partir dos 11 e 12 anos a esmurrar e pontapear as suas vítimas são disponibilizadas regularmente em sites muito populares no domínio da partilha de vídeos.

Segundo a Sky, a tendência tem-se tornado tão séria que chefes da polícia estão a apelar às empresas de serviços de partilha de vídeos para monitorizarem este tipo de conteúdos nos seus sites, pesquisando e removendo conteúdos violentos. Ainda segundo a SkyNews, o YouTube, um dos sites onde foram detectados este tipo de conteúdos afirmou não policiar o seu site, optando em vez disso por confiar aos seus utilizadores a tarefa de sinalizar conteúdos inapropriados. Este site, propriedade do Google, afirma ainda que pré-visualizar conteúdos é uma forma de censura, não sendo esse o papel de uma empresa privada.

A notícia da SkyNews, resulta de uma investigação desenvolvida pelo programa Panorama da BBC1 que, entre outros, descobriu um vídeo que mostra um adolescente a brandir uma arma de fogo contra um carro da polícia. Um outro vídeo mostra um adolescente a rir-se enquanto salta em cima de um carro da polícia estilhançando o respectivo vidro pára-brisas. Segundo a investigação, a Polícia do Reino Unido deseja que vídeos como este sejam monitorizados e que lhes seja passada informação sobre a sua existência, acrescentando que esta é uma responsabilidade do proprietário do site dado estar a lucrar com a exibição de tais imagens. No entanto, o Ministério da Administração Interna Britânico refere que, apesar de tecnicamente poder ser ilegal fazer o upload de vídeos violentos, até agora ninguém foi acusado.

O site da BBC desenvolve o tema, incluindo um excerto vídeo do programa e um fórum de discussão onde o tema está a ser debatido. No fórum discute-se:
  • Estes sites devem monitorizar os conteúdos que disponibilizam ou apenas actuar em função de denúncias ou reclamações?
  • O pré-visionamento é uma forma de censura?
  • Já foi vítima deste tipo de gravações vídeo violentas?
O programa, "Panorama: Children's Fight Club" será exibido na BBC1, hoje, Segunda-Feira, 30 de Julho, às 20:30 BST. Á semelhança do que acontece com as restantes edições do programa, é previsível que o vídeo do programa seja disponibilizado na sua totalidade, após a exibição do mesmo.

Do que pude ler, este trabalho da BBC aborda dois temas que importa diferenciar: por um lado o cyberbullying; por outro o vandalismo. Sobre o primeiro assunto, pouco ou nada se sabe sobre a realidade portuguesa e sobre o qual já tenho escrito várias vezes, de 2003 a esta parte:
Sobre o vandalismo, foi algo que há relativamente pouco tempo já foi notícia em Portugal.

A terminar, enquanto, por exemplo, noutros países, os Governos desenvolvido programas educacionais para ajudar as escolas a fazer face a este fenómeno, em Portugal o bullying é um tema que apenas recentemente começou a ser discutido a este nível. Relativamente ao cyberbullying, suspeito que vamos ter de esperar um pouco mais.


Publicado por Tito de Morais às 14:05
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Comentários:
De Lara a 1 de Agosto de 2007 às 19:42
Penso que não há nada que proiba a circulação de videos violentos, nem acho bem que sejam proibidos. Se são videos de crianças o site deve retirá-los. Concordo que o site deve ser monotorizado.


De Tito de Morais a 1 de Agosto de 2007 às 22:39
Estimada Lara,

Obrigado pelo seu comentário.

A questão sobre se há algo (lei) que proiba a circulação de vídeos violentos - sobretudo através da Internet - é uma questão complexa. Se tal lei existir no país onde os conteúdos estão alojados, a questão é ultrapassada alojando esse tipo de conteúdos num país onde tal lei não exista. E depois há a lei vigente no país a partir de onde se tem acesso a esse tipo de conteúdo. Daí que pessoalmente considere que este tipo de problemas não se resolve por via legal já que tal implicaria uma harmonização legal entre uma multiplicidade de países que não me parece viável. Se tal não acontece no domínio das imagens do abuso sexual de menores, mais improvável me parece que venha a acontecer neste domínio. Acho que a solução aqui passa pela auto-regulação das empresas que disponibilizam este tipo de conteúdos e pela educação. Um aspecto curioso que a reportagem não foca, mas que se verificou no caso que foi notícia em Portugal, é a ajuda que esses vídeos por vezes podem dar às autoridades. Aí estou de acordo quando se afirma na reportagem que esse papel de fiscalização compete às autoridades. No entanto, como a reportagem demonstra, os critérios de auto-regulação das empresas (as generalizações são perigosas, eu sei), deixam a desejar.

Respondendo às perguntas da reportagem:
# Estes sites devem monitorizar os conteúdos que disponibilizam ou apenas actuar em função de denúncias ou reclamações?

Da minha experiência, a monitorização ou o pré-visionamento não é uma solução viável. Assim, acho que deve actuar em função de denúncias e reclamações. Mas aí deve ser de facto actuante.

# O pré-visionamento é uma forma de censura?

A resposta não é fácil. Depende. Se for feita no sentido de se certificar que os vídeos cumprem as normas ou os termos de utilização do serviço, acho que não. Se o pré-visionamento for feito com outras intenções, poderá ser.

# Já foi vítima deste tipo de gravações vídeo violentas?

Felizmente, não.

Cumprimentos

Tito de Morais


De Lara a 1 de Agosto de 2007 às 19:43
Já agora, posso perguntar a razão de os comentários serem pre-visualizados antes de estarem online?


De Tito de Morais a 1 de Agosto de 2007 às 23:06
Estimada Lara,

Obrigado mais uma vez pelo seu comentário.

Questão pertinente a sua, sobretudo à luz das perguntas no artigo original.

Optei por comentários moderados como uma forma de me certificar que este espaço é de facto usado para comentar, mesmo expressando pontos de vista diferentes dos meus, mas de uma forma que se coadune com o respeito pelos valores e opiniões expressas por outros, sem cair no insulto pessoal e gratuito como muitas vezes acontece em fóruns abertos. Optei por este mecanismo porque nem sempre estarei disponível para monitorizar o que aqui pode ser comentado e que possa violar esses princípios. Poderia optar simplesmente por eliminar à posteriori esses comentários, mas prefiro fazê-lo pro-activamente .

Da minha experiência, tal pode acontecer até acidentalmente - por exemplo a colocação de um link para um conteúdo de violência extrema, pornografia infantil, etc. sem ser fornecido qualquer contexto. Mas também pode acontecer deliberadamente. A moderação dos comentários visa prevenir os tipos de situações acima referidas.

Resumindo, alguns poderão argumentar que se trata de censura. Outros poderão argumentar que se tratam de critérios editoriais. Eu inclino-me mais para a segunda do que para a primeira. E por uma razão simples. Não impeço que um terceiro crie um blogue com os conteúdos que refiro acima e que ache que eu aqui - nessa perspectiva - censuro.

E uma última razão. Até agora não aprovei um comentário. Escrevi à pessoa a explicar porque não o fazia - razões que se prendiam com a privacidade dessa pessoa e da entidade à qual se encontra ligada profissionalmente - mas que se considerasse o contrário, poderia aprovar o comentário. Como não obtive resposta, o comentário continua por aprovar.

Cumprimentos

Tito de Morais


Comentar post

Subscreva a Newsletter
[MiudosSegurosNa.Net]

> Adicionar aos favoritos
> Adicionar ao Del.icio.us
> Imprimir esta página
> Recomendar Página
Pesquisar este blog
 
Posts recentes

Projecto de Regulamento G...

Como Separar o Trigo do J...

#UmaCoisaBoa - Ana M., Vi...

#UmaCoisaBoa - Eduardo C....

#UmaCoisaBoa - Bruno S., ...

#UmaCoisaBoa - Tom H., Vi...

#UmaCoisaBoa - Hugo M., M...

#UmaCoisaBoa - Teresa G.,...

#UmaCoisaBoa - Marta e Di...

#UmaCoisaBoa - Maria C., ...

Categorias

crianças(33)

#umacoisaboa(31)

dia por uma internet mais segura(29)

semana por uma internet mais segura(29)

riscos(25)

segurança(25)

eukidsonline(20)

internet(17)

jovens(15)

soluções educativas(15)

ligações do dia(14)

links do dia(14)

online(14)

soluções educacionais(14)

mitos(13)

soluções tecnológicas(13)

eu(12)

kids(12)

criança(11)

privacidade(9)

todas as tags

Arquivos

Dezembro 2015

Julho 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Agosto 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Maio 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

NetworkedBlogs
Facebook FanBox
"Projecto MiudosSegurosNa.Net" no Facebook
Subscrever feeds
blogs SAPO