Sábado, 25 de Julho de 2015
Como Separar o Trigo do Joio na Internet?

curso-02-cover-pre.png

Os seus filhos ou alunos sabem detectar conteúdos falsos ou enganadores na Internet? Conseguem detectar mensagens de phishing? E perfis falsos no Facebook e noutras redes sociais? Sabem como evitar serem vítimas de contos do vigário, vendedores de banha da cobra e outro tipo de esquemas e fraudes que abundam na Internet? Já ouviu falar de catfish, digital kidnapping (rapto digital) e sabe como o evitar?

 

Conteúdos Falsos ou Enganadores

Estes são apenas alguns dos conteúdos falsos e enganadores que abundam na Internet entre os quais, crianças e jovens - e adultos também - têm de navegar e dos quais podem ser vítimas. A isto junte-se boatos, rumores, mitos e lendas urbanas; hoaxes e embustes; notícias falsas e "notícias" satíricas e humorísticas; teorias da conspiração; propaganda, desinformação e contra-informação; publicidade encapotada; análises falsas de produtos e serviços; sites de revisionismo histórico que procuram reescrever a História com estórias e mensagens em cadeia! Material em que é preciso distinguir o trigo do joio, na Internet, não falta!

Tudo isto exige espírito analítico e sentido crítico da parte de crianças e jovens - e adultos também - no sentido de poderem usar a Internet de uma forma esclarecida e segura. Como o conseguir?

 

Como Distinguir o Trigo do Joio?

Quer que os seus filhos e alunos - e você também - beneficiem das oportunidades que a Internet tem para oferecer ao nível do manancial de informação que disponibiliza, sem que sejam vítimas dos riscos associados aos conteúdos falsos e enganadores?

Para isso estou a desenvolver o curso online "Fake! Como Distinguir o Trigo do Joio na Internet - Como evitar ser vítima de conteúdos falsos ou enganadores na Internet".

 

Resultado de 13 Anos de Experiência

Este curso resulta da minha experiência acumulada de 13 anos dedicados a promover a segurança online de crianças e jovens. Ao longo destes 13 anos ajudei milhares de famílias, escolas e comunidades a promover a segurança de crianças e jovens na Internet. Escrevi centenas de artigo sobre o tema, participei como orador e formador em centenas de palestras, conferências, etc. e dei a minha colaboração em centenas de artigos de jornal, revistas, programas de rádio e televisão. Ao longo destes anos, tenho dado a minha colaboração neste domínio a empresas como a Microsoft, a Google, a Symantec e o Facebook, para apenas referir algumas.

Há cerca de 2 meses lancei o primeiro curso online do Projecto MiudosSegurosNa.Net. Cerca de 500 pessoas solicitaram informações sobre o curso. Cerca de 300 inscreveram-se, mais de 180 já o estão a fazer e mais de 20 já deixaram o seu testemunho sobre a experiência.

 

Aprenda a Separar o Trigo do Joio na Internet

Destinado a famílias, escolas e comunidades, o curso promove a literacia digital ajudando os participantes a conhecer, detectar e evitar conteúdos falsos ou enganosos na Internet. O curso ensinará ainda os participantes a adoptar abordagens regulamentares, parentais, educacionais e tecnológicas como forma de evitar serem vítimas deste tipo de conteúdos.

 

Testemunhos

Eis alguns testemunhos de participantes no primeiro curso online do Projecto MiudosSegurosNa.Net, "Iniciação à Segurança de Crianças e Jovens na Internet":

"Parabéns pela iniciativa! Foi proveitoso e vale sempre a pena adquirir estes conhecimentos como educadores."
Lamartine Dias

 

"Atingiu as minhas expetativas. Recomendarei!"

Paulo Costa

 

"Este curso é uma forma prática e 'leve' de despertar e de orientação para todas/os as/os utilizadoras/es da internet."

António Albuquerque

 

"O curso correspondeu inteiramente às minhas expectativas. Espero que seja o início de muitos outros cursos que nos irá dar num futuro e transferir os seus conhecimentos para as dúvidas que nos vão aparecendo diariamente. Conto consigo para me ajudar. Esta iniciação foi excelente."

Carla Costa

 

"Bastante interessante, uma abordagem muito boa. A abordagem e explicação foi sem dúvida muito boa, fazendo-me ver certos assunto de outra forma."
Cyber Vaz

 

"Este curso já acrescentou mais do que a informação preciosa nele contida, colocando-me perante os filhos de forma objectiva e construtiva. Muito obrigada!"

Emília Rodrigues

 

"Excelente Curso! Um curso muito útil para quem tem e trabalha com jovens, nota máxima!"

José Faria

 

"Valeu *****! Muito interessante, leve na abordagem, mas muito consistente."

Fernanda Torres

 

"Este curso serviu para sistematizar e organizar grande parte da informação que eu tinha sobre tema mas sobretudo na forma mais correcta e incisiva na sua abordagem com alunos e pais."

Manuel Torres

 

"Like:) Conte comigo para futuras edições!!"

Joana Flórido

 

"Primeira reacção: gostei. Gostei da organização, gostei dos conteúdos, gostei da forma como foram transmitidos. Parabéns Tito De Morais. Segunda reacção: aprendi. Aprendi que a visão que tenho do uso da internet é substancialmente diferente da visão dos meus filhos (um adolescente e um a caminho da pré-adolescência)."

Joaquim Faias

 

"Este curso permitiu que a abordagem que eu priviligio na escola (vertente educacional) esteja agora mais enriquecida e melhorada para que, apesar das oportunidades e dos riscos andarem sempre de mãos dadas, eu possa fazer (quem sabe!) a diferença numa ou outra situação perante alunos na biblioteca."

Vera Pessoa

 

"Fantástico! Excelente!"
Emília Pinto

Oferta Com 75% de Desconto!

Faça já o seu pré-registo e usufrua deste curso por apenas 5,00€, um desconto de 75% sobre o preço final que será de 20,00€. Esta oferta é válida até ao lançamento do curso, previsto para o dia 1 de Setembro. Faça já o seu pré-registo!



Publicado por Tito de Morais às 17:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014
MiudosSegurosNa.Net Tour 2014 na Comunicação Social (Actualizada)

A iniciativa de crowdfunding do Projecto MiudosSegurosNa.Net foi referência em alguns meios de comunicação social que poderá consultar abaixo:

Isto foi o que conseguimos apanhar. É provavel que nos tenha escapado algo. Se tiverem conhecimento de outras referências na comunicação social que nos tenham escapado, não deixe de nos dar conta das mesmas. Obrigado!

 

[Atualização a 16 de Janeiro]:

[Atualização a 17 de Janeiro]:

 



Publicado por Tito de Morais às 16:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Entrevista Porto Alive - Porto Canal

No passado dia 7 de Janeiro, Tito de Morais, fundador do Projecto MiudosSegurosNa.Net, foi entrevistado por Alexandra Martins no programa Porto Alive, no Porto Canal, a propósito da iniciativa de crowdfunding (financiamento colectivo colaborativo) MiudosSegurosNa.Net Tour 2014. Abaixo
poderá ver o vídeo da intervenção.

 

Toda a ajuda no apoio e/ou divulgação desta iniciativa é bem vinda! Obrigado!

 

 



Publicado por Tito de Morais às 16:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

MiudosSegurosNa.Net Tour 2014: Vídeo de Apresentação

No passado dia 6 de Janeiro, lançámos o MiudosSegurosNa.Net Tour 2014, a iniciativa de crowdfunding do Projecto MiudosSegurosNa.Net.

Para comunicarmos o lançamento distribuimos um comunicado de imprensa e fizemos uma entrada sobre o tema neste blog. No entanto, o vídeo de apresentação da iniciativa poderá ter passado despercebido, pelo que o publicamos abaixo (com legendas em Inglês).

 

Toda a ajuda na divulgação destes recursos é bem vinda. Obrigado pela vossa ajuda no apoio e/ou divulgação desta iniciativa.

 

 

 



Publicado por Tito de Morais às 16:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014
Não Acontece Só Aos Outros! Ah, Pois Não...

Há dias, através do meu perfil pessoal no Facebook, recebi a seguinte mensagem de uma amiga:

 

Logotipo do Skype

Olá Tito,

Hoje aconteceu comigo uma situação que preciso contar. Recebi uma chamada no Skype, com o nome XXXXXXXXXXXXX (nome de utilizador omitido por motivos legais). Pensando que fosse de um amigo, pois tenho dois com esse nome, adicionei e apareceu uma foto desconhecida e chamando para uma chamada de vídeo. Qual não é minha surpresa, eu não me mostrei mas ele fazia sinal que não me via nem ouvia. Em seguida, mostra o órgão sexual. Fiquei assustada por não saber como a pessoa veio parar aqui. Tem perfil falso, como italiano mas mandou mensagem: porque não fala, liga camêra, eu italiano, etc. Essas vi no computador e tratei de ver como bloquear a pessoa. Estava no iPhone. Vim para o computador para entender melhor e ele não parava de ligar. Segui as instruções do Google e consegui bloquear no iPhone. Voltei ao computador e também consegui com instruções que não são bem dadas, bloqueei e consegui marcar como spam também. Há mais alguma coisa que se possa fazer? Pensei que só acontecesse aos outros e pensei que pode acontecer com minha neta e outras crianças. Se puder fazer algo para denunciar essa pessoa, estão aqui todos os dados.

Agradeço.

Beijos,

[Nome Omitido]

 

Ah, pois é! Não acontece só aos outros! Por estas e por outras, sugiro que seja algo selectivo ao aceitar contactos no Skype ou noutras plataformas que permitam contactos por vídeo-chamada. Assim, aqui fica algumas indicações a este propósito.

Faça login no portal do Skype, dirija-se a este endereço - https://secure.skype.com/portal/profile - e verifique quais os seus dados que estão públicos e quais os que estão privados. São poucos os dados que pode alterar, clicando no botão "Edit", mas o que estiver como "Public" e pretenda que esteja privado e não puder alterar, pode sempre apagar. Alguns deste dados também são alteráveis através da aplicação, em Skype > Profile > Edit Your Profile. Para ver os dados todos do seu perfil, clique em "Show full profile".

Ao receber um pedido é-lhe dada a possibilidade de "Aceitar" ou "Declinar" esse pedido. Antes de tomar uma decisão, verifique o perfil desse utilizador. Para o fazer, clique com o botão direito do rato sobre o nome do utilizador na orelha "Contacts" e escolha a opção "View Profile". Abre-se uma janela com a informação disponível no perfil do utilizador. Veja-a e decida se é alguém que deseja cujo pedido de contacto deseja "Aceitar" ou "Declinar". Pouca informação disponível é geralmente razão para desconfiar.

Se não tiver a certeza, pode sempre usar o chat para perguntar: "Desculpe, mas não estou a ver quem é... conhecêmo-nos? Pode dizer-me porque deseja adicionar-me à sua lista de contactos?". Se não obtiver resposta pode "Declinar" ou alternativamente, não agir sobre o pedido.

No caso de se ter arrependido de ter aceite o contacto, como aconteceu com a minha amiga, pode sempre bloquear e/ou denunciar o mesmo. O suporte do Skype explica como o fazer. Veja aqui:

Depois de uma breve troca de mensagens com a minha amiga, perguntava-me ela: "É assim tão fácil sermos abordados por um maluco?!". Respondi: "Infelizmente tenho de responder que sim... malucos, malucas, trapaceiros e trapaceiras!"

 

Nem de propósito, pouco depois desta conversa, vi este vídeo que ilustra de uma forma humorística que todo o cuidado é pouco.

 

 

Se visitarem o canal YoutubableHD verão inúmeros vídeos semelhantes demonstrando como facilmente podemos ser enganados. É que não acontece só aos outros! Por isso, seja criterioso nos pedidos de contacto que aceita.

 



Publicado por Tito de Morais às 21:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

A Minha Passagem de Ano

Já tínhamos jantado e os meus filhos mais novos já tinha saído para ir celebrar a Passagem de Ano com os amigos. A minha mulher insistia em arrumar a cozinha que não queria lixo em casa ao passar da meia-noite. O mais velho jogava na consola e a minha sogra via televisão. Enquanto a meia-noite não chegava fui dar uma espreitadela ao Facebook. E num dos grupos que frequento, o meu amigo Sedgrid Lewis publicou um pedido de ajuda preocupante:

Pedido de ajuda feito pelo meu amigo Sedgrid Lewis no grupo Social Networking Safety, no Facebook, na noite de passagem de ano

 

"A tentar ajuda uma mãe com uma filha com ideias suicidárias a tentar lidar com o Askfm. Eis a sua mensagem: 

 

'Já não aguento mais. Não acredito que este Governo permita que o Ask.fm continue a funcionar e que estas crianças com 13 anos de idade sejam autorizadas a assinar disclaimers!!! Porque este site não pode ser encerrado? A minha filha era bulímica, cortava os pulsos e descobri notas no seu email onde dizia querer suicidar-se. Descobri miúdos no Ask.fm a dizerem-lhe para se matar. Estou destroçada com isto.'

 

Dei-lhe algumas boas sugestões. Algumas dicas úteis?"

 

Dado que este tipo de casos têm surgido com alguma frequência, achei por bem partilhar aqui as dicas que eu e outros membros do grupo forneceram. O primeiro a deixar o seu feedback, foi Chris Duque, um agente reformado do Departamento de Polícia de Honolulu e um dos membros mais activos do grupo, sublinhando que o Ask.fm está alojado na Letónia. Assumindo que a Mãe e a criança estão nos Estados Unidos ou noutro país, tal serviu para sublinhar que estando o site fora da juridisção norte-americana, de nada adiantaria o envolvimento do governo americano.

 

Apoio à Prevenção do Suicídio

Intervi de seguida sugerindo que a Mãe procurasse ajuda especializada IMEDIATA junto de um psicólogo ou psiquiatra que possa ajudar a filha a lidar com o assunto. Em Portugal sugeriria que consultasse de imediato uma das seguintes organizações:

A Sociedade Portuguesa de Suicidologia fornece ainda contactos de outras linhas de apoio à prevenção do suicídio  (http://www.spsuicidologia.pt/index.php/sobre-o-suicidio/telefones-uteis)

 

Noutros países sugiro que consultem os Centro de Crise disponíveis na página de recursos da IASP - International Association for Suicide Prevention - em http://www.iasp.info/resources/Crisis_Centres/

 

Segurança & Privacidade no Ask.fm

A um segundo nível de intervenção, sugeri que desabilitassem os comentários na conta da filha no Ask.fm ou que eliminassem a conta. Tal pode ser feito em acedendo à respectiva conta em Definições > Privacidade > (http://ask.fm/account/settings/privacy) assinalando a caixa "Não permitir perguntas anónimas".  Nessa mesma página podem ainda ser desabilitadas todas as notificações. Não o referi na altura, mas os abusadores também podem ser bloqueados. Alternativamente, lembrei que a conta também podia ser desactivada. Tal pode ser feito em http://ask.fm/account/settings/deactivation clicando no botão "Desativar conta". No entanto, como Chris Duque acrescentou, era capaz de ser boa ideia manterem a miúda afastada da Internet por uns tempos ou, pelo menos, do Ask.fm.

 

Incitamento ao Suicídio é Crime

A outro nível, relembrei que em certas juridisções o incitamento ao suicídio é crime, pelo que também poderá ser aconselhável uma denúncia junto do órgão de polícia competente para o efeito, dado poder estar-se perante um crime. Em Portugal, tal está previsto no Artigo 135.º do Código Penal e o órgão de Polícia competente para apresentação da queixa seria a Polícia Judiciária, cujos contactos estão disponíveis no site respectivo.

 

Denunciar Conteúdos Ilegais

Ainda a este nível e dado que poderemos estar perante um conteúdo ilegal, sugeri que apresentassem uma denúncia junto da hotline Lituana - http://www.drossinternets.lv/page/32 - que aceita denúncias em inglês em categorias de conteúdo que se podem enquadrar no caso. Em Portugal a denúncia pode ser feita através da LinhaAlerta - http://linhaalerta.internetsegura.pt/. Noutros países podem sempre recorrer às hotlines que integram a rede da INHOPE - http://www.inhope.org/gns/report-here.aspx.

 

Por fim, a Mãe e a família poderão também precisar de apoio a nível psicológico para os ajudar a lidar com a situação. Tal ajuda pode ser obtida junto de um psicólogo e em Portugal tal como noutros países existem linhas especializadas neste tipo de apoio. Em Portugal sugiriria contactar o serviços SOS Criança do Instituto de Apoio à Criança através do telefone gratuito 116 111 ou pelo email iac-soscrianca@iacrianca.pt. Para linhas de apoio à criança noutros países, consulte a página da Child Helpline International: http://www.childhelplineinternational.org/where-we-work/

 

Terminei sublinhando que este é um tipo de caso que exige atenção IMEDIATA e que os pais se deveriam focar primeiro na criança, que está em risco, e depois nos restantes pontos que referi. Entretanto, fiz uma pausa. Saí de casa por uns momentos com a minha mulher e o nosso rapaz mais velho. Despejamos o lixo nos contentores e falei-lhes neste caso. Conversámos um pouco sobre o assunto e voltámos para casa. O Ano Novo estava a minutos de distância.

 

Um Feliz e Próspero 2014 para todos!



Publicado por Tito de Morais às 19:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014
Crowdfunding Para Eventos Sobre Segurança Online

Click Here For English Version

 

42% dos jovens portugueses entre os 9 e os 16 anos não tiveram qualquer aconselhamento sobre segurança na Internet!

 

65% dos pais gostaria de receber informação e aconselhamento da escola dos seus filhos, mas só 28% o tiveram efetivamente!

 

Como estes números atestam, ao fazer 10 anos que o Projecto MiudosSegurosNa.Net está “na estrada”, participando como orador/formador em ações de sensibilização/formação sobre a segurança online de crianças e jovens, precisamos de o continuar a fazer. E para isso precisamos da sua ajuda.

Tito de Morais, fundador do Projecto MiudosSegurosNa.Net, entrevistado por um grupo de alunos da Escola Básica 1, 2 António José de Ávila, na Horta, Faial, Açores, após uma sessão de sensibilização no âmbito da III Semana dos Direitos - A Internet na Formação da Criança e do Jovem, promovida pela CPCJ local e que teve lugar a 17, 18 e 19 de Abril de 2008.

 

Apoie esta iniciativa

Visite a página da nossa iniciativa de crowdfunding e escolha um dos apoios/recompensa na coluna à direita.


Porque o Seu Contributo é Importante?
 

Com o seu investimento conseguiremos chegar a mais famílias, escolas e comunidades. Aqueles que precisam e querem receber informação e aconselhamento sobre a segurança onlinede crianças e jovens. Sobretudo aqueles que, em resultado da situação de crise financeira que o país atravessa, com cortes na educação e em apoios sociais, solicitam-nos mas não dispõem dos meios e apoios necessários.

 

Ajude-nos a Ajudar

Descubra mais informações sobre a nossa iniciativa de crowdfunding e escolha na coluna à direita uma das recompensas que preparámos em jeito de retribuição pelo seu financiamento.

 

Audiência de cerca de 200 alunos das Escolas E.B. 2,3 do Algoz e E.B. 2,3 Dr. António da Costa Contreiras, no âmbito do debate

Qual o Impacto do Seu Apoio?

Fizemos as contas:

Dê o Seu Contributo

Para tal, basta escolher o montante do seu financiamento e a respectiva recompensa na nossa página de crowdfunding.

 

Qual a Necessidade do Seu Financiamento?

Vejamos uma mensagem com um pedido de ajuda que recebemos recentemente:

 

“Um amigo do meu pai, ligou-me quase desesperado a dizer que tem uma neta vitima de cyberbullying. Basicamente, alguém cria perfis em nome da neta dele e com fotos dela e depois começa a ligar-se aos amigos delas etc. Dado que a miúda tem 16 anos isto está a afetá-la profundamente. Diz que apesar de se queixar, o Facebook não "limpa" essas contas. Lembrei-me de te escrever porque sei que provavelmente já te deparaste com estas situações no passado e gostava de saber qual o melhor procedimento.”

 

Da ajuda fornecida neste caso, resultou um investimento em nome de uma empresa no montante de 100€ que serão adicionados a outros financiamentos recebidos para a oferta de uma acção de sensibilização. Temos a noção de que os tempos não estão fáceis para ninguém, pelo que qualquer montante é bem vindo. 

 

Foto de uma chávena de café espresso. Fonte da imagem: http://www.sxc.hu/photo/74717

Ofereça-nos Um Café!
Como referimos acima, se todos os fãs do Projecto MiudosSegurosNa.Net investissem o valor equivalente a menos de um café ao longo de um ano, seria uma ajuda preciosa. Assim, ofereça-nos um café ou, se tiver disponibilidade, um pouco mais. 

 

A Segurança das Suas Crianças é Importante?

Se a utilização ética, responsável e segura das tecnologias de informação e comunicação é um valor importante para si, ajude-nos a realizar a nossa missão, financiando-nos para chegarmos a mais famílias, escolas e comunidades.

 

Dê-nos o Seu Apoio

Visite a nossa página de crowdfunding e escolha um montante e a respectiva recompensa.

 

'Abusos sexuais e chantagem na net', tema de capa da revista Visão na edição de 5 de Fevereiro de 2008

“Já de madrugada, alguns amigos ainda receberam telefonemas”

Um dos casos mais dramáticos que tivemos oportunidade de ajudar, foi o caso de “Diana”, descrito com algum detalhe nesta investigação da revista Visão: Pedófilos on-line. Ajude-nos a prevenir casos como os da “Diana”. Ajude-nos a apoiar mais Mães, como a da “Diana”. Financie-nos para que possamos chegar a mais famílias, escolas e comunidades.

 

Ajude-nos a Prevenir!

O seu investimento ajudar-nos-á a chegar a um maior número de famílias, escolas e comunidades. É fácil. Decida-se por uma das recompensas na nossa página de crowdfunding.

 

Veja Como Pode Ser 2014

Queremos que visualize o que pode acontecer em 2014 em resultado do seu contributo. Para isso, estamos a preparar uma série de vídeos sobre a atividade do Projecto MiudosSegurosNa.Net em anos anteriores, e que serão divulgados ao longo desta campanha. 

 

Escolha a Sua Recompensa

Consulte as recompensas disponíveis na nossa página de crowdfunding e dê-nos o seu apoio.

 

Obrigado pela sua atenção e por se interessar pela nossa causa, pela nossa paixão: a segurança online de crianças e jovens. A terminar, lembramos um slogan da UNICEF Suécia: “Likes don’t save lives. Money does.”. E no caso desta iniciativa, o valor equivalente a um café por ano, ajuda-nos a fazer a diferença. 


sinto-me:

Publicado por Tito de Morais às 14:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 14 de Outubro de 2012
O Meu Computador Está a Ser “Sniffado”?
The sniffer

Na publicação anterior, Facebook: Podem Bisbilhotar as Minhas Mensagens e Chats?, recorri ao "informatiquês", sem ter o cuidado de usar um termo sem o explicar devidamente. Não será assim de estranhar que na sequência dessa publicação, tenha recebido uma mensagem através do Facebook que me alertou para esse facto, colocando-me a seguinte pergunta:

 

Percebi como posso ver se tenho algum spyware, mas como posso saber se o meu computador, que está ligado a uma rede de trabalho, está a ser “sniffado” (sniffers)?


Em primeiro lugar as minhas desculpas por um usar um termo sem o explicar. Vejamos então o que é um sniffer, como o detetar e como evitar o mesmo.

 

O Que é Um Sniffer?

Um sniffer (farejador em inglês), é um programa que monitoriza e analisa o tráfego numa rede de dados, detectando congestionamentos e outros problemas. Os sniffers podem ser usados para interceptar e registar o tráfego de dados, e em alguns casos para ler os conteúdos trocados entre os computadores de uma rede (dentro da rede e de e para ela). Geralmente estão instalados não em computadores pessoais, mas nos routers e switches por onde os dados de uma rede têm de passar.

 

Como Podem Ser Usados

Á semelhança de muitas outras ferramentas informáticas, os sniffers podem ser usados de forma legítima ou ilegítima. Assim, podem ser usados por administradores de redes informáticas ajudando-os a manter a eficácia do fluxo de tráfego de dados. Neste caso, os sniffers são usados para monitorizar o fluxo de dados, permitindo assim ver se a rede está a funcionar de forma eficaz ou se, pelo contrário, existem congestionamentos de tráfego. Neste sentido, os sniffers são habitualmente usados em redes académicas e empresariais para evitar congestionamentos de tráfego causados, por exemplo, programas de partilha de ficheiros. Mas os sniffers também pode ser usados com más intenções, como por exemplo, para capturar a informação (nomes de utilizador, passwords, dados bancários, textos de mensagens, etc.) que circula numa rede informática. Um sniffer permite, por exemplo, capturar um sessão de chat em tempo real. Nesse sentido, os sniffers podem ameaçar a segurança de uma rede de dados.

 

Como Detetar Um Sniffer?

Os sniffers são extremamente difíceis de detetar, havendo mesmo que afirme serem virtualmente impossíveis de detetar. Alguns tipo de sniffers podem ser detetados, mas não por um comum dos mortais como eu e, estou certo, pela maioria das pessoas que me lêem, na medida em que tal exige conhecimentos informáticos específicos, podendo mesmo implicar acesso físico ao dispositivo onde se encontra instalado. Mas isso não implica que fique vulnerável, como se explica abaixo.


Como Proteger-se de Um Sniffer?

A melhor defesa contra um sniffer é recorrer à encriptação das ligações ponto-a-ponto (entre dois computadores) ou a protocolos como SSL na web e no email, FTPS ou SCP em vez do FTP, e SSH em vez de Telnet (desculpem-me o “chinês”!). Por exemplo, no caso do Facebook, podemos configurar a nossa conta para usar apenas ligações em HTTPS (ligações encriptadas). Desta forma, mesmo que o tráfego seja intercetado, torna-se virtualmente ilegível. Para ativar o acesso ao Facebook de modo seguro (encriptando a ligação), proceda do seguinte modo:

No entanto, nem todos os sites oferecem essa possibilidade e as comunicações não acontecem apenas em sites, mas também através de programas. E estes podem não oferecer essa possibilidade. Nesse sentido, outra alternativa é recorrer a um programa anti-sniffer. Existem alguns programas gratuitos deste tipo disponíveis para diversas plataformas, incluindo o Windows.

 

Espero ter ajudado. Qualquer informação ou esclarecimento adicional, esteja à vontade para voltar ao contacto.



Publicado por Tito de Morais às 15:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 12 de Outubro de 2012
Facebook: Podem Bisbilhotar as Minhas Mensagens e Chats?
Imagem do ícone dos serviços de mensagens do Facebook.

Com a popularização do Facebook, muitas das conversas que eram mantidas através de trocas de emails e de programas de mensagens instantâneas como o Windows Live Messenger, passaram a ter lugar através do sistema de mensagens e de chat desta popular plataforma social que atingiu recentemente mil milhões de utilizadores. Dado tratar-se de uma utilização recente, é natural que surjam algumas dúvidas relacionadas com a segurança da utilização dos serviços de mensagens e de chat do Facebook, como é o caso desta pergunta que recebi há algum tempo:

 

Hoje vi na revista do Correio da Manhã li o seu depoimento sobre os perigos das partilhas no Facebook. Felicito-o pelo seu trabalho que me recomendaram pelo facto de eu ter um filho pequeno e ser professora do primeiro ciclo.

 

Gostaria de lhe colocar uma questão, se não for abuso: se eu partilho um computador com outras pessoas, apesar de termos sessões diferentes, há alguma hipótese das minhas conversas de chat ou mensagens poderem ser vistas? Ou seja, sem que alguém tenha acesso à minha sessão (nunca a encerro no browser mas no sitio certo para o efeito - Página Inicial > Sair), sem que conheça a minha password, pode alguém aceder às minhas mensagens de Facebook?


Agradeço antecipadamente!


Colocar uma pergunta nunca é um abuso! Eis, então, a resposta a esta pergunta.

 

Pelo que me diz, em princípio não será possível terem acesso às suas conversas no chat e mensagens do Facebook. No entanto, pode haver situações em que tal é possível:

A terminar, pode ainda consultar a informação disponível nas página de ajuda do Facebook sobre o serviço de mensagens e sobre o serviço de chat.

 

Espero ter ajudado. Qualquer informação ou esclarecimento adicional de que tenha necessidade, não hesite em voltar ao contacto.



Publicado por Tito de Morais às 14:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Como Manter a Segurança de Crianças no YouTube
Logotipo do YouTube

Os conteúdos multimédia, com som e imagens em movimento, atraem crianças, jovens e adultos. Neste contexto, o YouTube tornou-se um dos principais sites da Internet para aceder a este tipo de conteúdos. E os números são impressionantes. Há tempos, recebi através do Facebook, uma pergunta da Mãe de uma criança de 4 anos e meio, preocupada com a possibilidade de, quando se afastar por uns minutos, da sua filha ser confrontada com conteúdos impróprios no YouTube. Eis a mensagem que recebi:

 

O meu principal problema é deixar a minha filha de 4 e meio a ver um filme de desenhos animados ou música infantil no YouTube e recear que, se me afastar, 10 ou 15 minutos depois ela já ter chegado a "música da pesada" ou a um filme com conteúdos menos próprios seja para que idade for.


Antes de responder propriamente à sua pergunta, recordo que os Termos de Serviço do YouTube estipulam que o serviço não se destinam a menores de 13 anos de idade (ponto 12 do documento acima).

 

No entanto, no sentido de reforçar a segurança do acesso da sua filha de 4 anos quando acede ao YouTube para ver desenhos animados e música infantil quando se afasta temporariamente dela, o YouTube fornece uma ferramenta que a pode ajudar. Trata-se do modo Modo Segurança. O YouTube disponibiliza instruções detalhadas sobre como ativar e bloquear o Modo Segurança. Esta página oferece ainda respostas às perguntas mais frequentes sobre este assunto.

 

Todavia, tenha presente que a ferramenta acima referida, como qualquer outra, não garante que a sua filha não seja confrotada com músicas ou vídeos com conteúdos menos próprios. Apenas reduz a probabilidade de tal acontecer, mas não elimina essa possibilidade. No entanto, sempre que se confrontar com um vídeo desse tipo poderá reportá-lo através da ferramenta de denúncia do YouTube, no sentido de alertar o YouTube para potenciais violações das Regras da Comunidade, podendo levar à eventual remoção do vídeo. Para reportar um vídeo, basta clicar na bandeira que surge por baixo do vídeo com a legenda (denunciar como impróprio). No entanto, para reportar um vídeo tem de se ser membro da comunidade (utilizador registado). Veja o vídeo (infelizmente apenas em inglês) que lhe explica como proceder para denunciar um vídeo como impróprio:

 

Não deixe também de consultar os Recursos Para Pais que o YouTube disponibiliza aqui (em Português).

 

A terminar, recomendo igualmente o visionamento deste vídeo (em Português):

 

Espero ter ajudado. Uma vez mais as minhas desculpas pela demora na resposta. Caso tenha alguma dúvida ou questão adicional, não hesite em voltar ao contacto.





Publicado por Tito de Morais às 02:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Subscreva a Newsletter
[MiudosSegurosNa.Net]

> Adicionar aos favoritos
> Adicionar ao Del.icio.us
> Imprimir esta página
> Recomendar Página
Pesquisar este blog
 
Posts recentes

Como Separar o Trigo do J...

MiudosSegurosNa.Net Tour ...

Entrevista Porto Alive - ...

MiudosSegurosNa.Net Tour ...

Não Acontece Só Aos Outro...

A Minha Passagem de Ano

Crowdfunding Para Eventos...

O Meu Computador Está a S...

Facebook: Podem Bisbilhot...

Como Manter a Segurança d...

Categorias

crianças(33)

#umacoisaboa(31)

dia por uma internet mais segura(29)

semana por uma internet mais segura(29)

riscos(25)

segurança(25)

eukidsonline(20)

internet(17)

jovens(15)

soluções educativas(15)

ligações do dia(14)

links do dia(14)

online(14)

soluções educacionais(14)

mitos(13)

soluções tecnológicas(13)

eu(12)

kids(12)

criança(11)

privacidade(9)

todas as tags

Arquivos

Dezembro 2015

Julho 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Agosto 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Maio 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

NetworkedBlogs
Facebook FanBox
"Projecto MiudosSegurosNa.Net" no Facebook
Subscrever feeds
blogs SAPO