Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miúdos Seguros Na Net - Promover a Segurança de Crianças e Jovens na Internet

Minimizar Riscos, Maximizar Benefícios.

Miúdos Seguros Na Net - Promover a Segurança de Crianças e Jovens na Internet

Minimizar Riscos, Maximizar Benefícios.

Dica #1 – Ultrapassar a Atitude “Isto Não se Aplica a Mim”

Tito de Morais, 01.10.07

“Isto não se aplica a mim” ou frases do género são das mais recorrentes quando se fala de ciber segurança. Esta não é uma dor de cabeça apenas para quem tem de implementar um programa de sensibilização e formação dos utilizadores sobre segurança informática. Quem tem filhos ou alunos adolescentes, sabe bem do que falo: “Tá descansado! Eu tomo todas as precauções”. Pois, as coisas más só acontecem os outros! Na realidade, estou em crer que a generalidade dos especialistas em segurança informática são unânimes em considerar as pessoas, e não as tecnologias, como o elo mais fraco da corrente.


Para ilustrar esta ideia, Peter Alexander, um dos Vice-Presidente da Cisco Systems, Inc., conta o caso de uma grande empresa de serviços financeiros. Com vastos recursos ao nível da segurança de redes, a empresa revelou que um dos seus computadores portáteis, contendo os números de segurança social de mais de 200,000 pessoas havia sido roubado. Um empregado da empresa estava a jantar com colegas num restaurante e tinha o portátil fechado na mala do carro. Durante o jantar, um dos colegas da empresa tinha ido ao veículo buscar algo e esquecera-se de voltar a fechar o carro à chave. Quis o destino que, por coincidência, ocorresse uma vaga de assaltos a automóveis na zona e aquela hora. E lá se foi o portátil com os dados pessoais de 200,000 pessoas!


E lá diz o amigo da onça: “Mas eu nem tenho portátil?!”. Pois não, mas nem precisa. Como diz Bruce Scheiner, um guru da segurança informática, os piratas amadores “hackam” sistemas, mas os profissionais “hackam” pessoas. Assim, por muito bem protegidos que os sistemas estejam, com as tecnologias mais recentes e mais desenvolvidas, basta o descuido de uma pessoa para que, de repente, se fique sem segurança nenhuma. É por isso que, em tratando-se de ciber segurança, tudo se aplica a mim, a si, a ele, a todos nós. Afinal, o elo mais fraco somos todos nós.


 

Amanhã, a Dica #2.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.