Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miúdos Seguros Na Net - Promover a Segurança de Crianças e Jovens na Internet

Minimizar Riscos, Maximizar Benefícios.

Miúdos Seguros Na Net - Promover a Segurança de Crianças e Jovens na Internet

Minimizar Riscos, Maximizar Benefícios.

hi5 e Pedofilia na Net

Tito de Morais, 02.11.08

O Jornal da Noite de 27 de Outubro, transmitido pela SIC, revelou o caso de "um jovem lisboeta, estudante de Direito numa Universidade privada da capital" que exibia fotografias de menores em actos sexuais no seu perfil do hi5. A reportagem referia que "as fotografias não foram colocadas pelo jovem na página, mas pertencem aos amigos que com ele comunicam e foram aceites por ele quando as podia ter negado".

 

A reportagem, que incluia uma entrevista com câmara oculta com o referido estudante, levantou uma questão que me parece de toda a relevância. Na entrevista, o estudante alegava inocência, afirmando que apenas se limitava a aceitar os pedidos de amizade que lhe faziam. Segundo a jornalista, "mesmo que assim seja, que tenha aceite sem ver o conteúdos das fotografias que lhe enviavam, não deixa de estar a praticar um acto punido por lei". E a jornalista acrescentava que "o artigo 176 do Código Penal diz que quem divulgar ou exibir material pornográfico com menores é punido com pena de prisão de 1 a 5 anos". A reportagem incluia ainda o depoimento de Jorge Duque, Inspector-Chefe a Polícia Judiciária que corroborava as afirmações da jornalista de que tal prática constitui é crime.

 

A peça chamou-me particularmente à atenção por uma razão. No Workshop hi5ParaPais que realizei no Porto (reportagem começa aos 3 minutos), um participante questionou-me como poderia remover um "amigo". Este tinha mudado o nome com que aparecia no hi5. Em vez do nome próprio, aparecia agora para um palavrão. Este era exibido no perfil do participante do workshop, na sua lista de "amigos" e na zona das "actualizações de amigos" que aparece na zona central dos perfis do hi5. Sendo o participante no Workshop um professor, considerava que não queria estar associado a esse tipo de pessoas dado que isso o poderia prejudicar pessoal e profissionalmente.

 

Ora a prática do jovem da reportagem da SIC, de aceitar "amigos" indiscriminadamente, é uma prática comum no hi5 e noutras redes sociais. Este é um tema que refiro habitualmente nos Workshops hi5ParaPais. Essa prática encerra um risco acrescido. É que qualquer pessoa, depois de ter sido adicionada como amigo por terceiros, pode mudar a sua foto de perfil para uma imagem do abuso sexual de menores (pornografia infantil) e desta forma poder incriminar-se, mas também incriminar toda a sua rede de amigos num crime punido de 1 a 5 anos de prisão.

 

Quando penso que o participante no Workshop me dizia que, apesar de não conhecer bem a pessoa em questão até se tinha informado junto de amigos sobre a "fiabilidade" da mesma, acho que esta é uma lição que nos deve levar a pensar muito bem antes de aceitarmos pedidos de amizade de desconhecidos no hi5.

 

No meio disto tudo, tenho pena que a reportagem da SIC não tenha tido uma abordagem mais pedagógica. Isto é, deu-nos a conhecer o problema, mas não nos apontou soluções. Assim, limitou-se a assustar as pessoas o que contribui decisivamente para o clima de medo que muitos pais sentem relativamente ao hi5. Mas todos aqueles que quiserem aprender coisas tão simples como seja "como remover um amigo do hi5" e outras mais complicadas, deixo aqui o meu conselho. Inscreva-se na lista prioritária de notificação do Workshop hi5ParaPais, para poder frequentar este workshop num Distrito/Concelho perto de si. E para ficar com uma ideia destes Workshops, veja a peça sobre a edição do Workshop hi5ParaPais que teve lugar no Porto e que foi transmitida no Primeiro Jornal de 27 de Setembro da SIC, em http://ping.fm/JCcTs (começa aos 3 minutos).

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tito de Morais 04.01.2009

    Obrigado pelo comentário.
    Contrariamente ao que poderá pensar, é capaz de fazer sentido... na Serra Leoa, o problema são as crianças-soldado.
    Contrariamente ao que também possa pensar, a questão da segurança das crianças coloca-se em vários locais e domínios. A Internet é apenas um deles.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.